FANDOM


AndreMeyer

André Meyer (23 de Maio de 1969) foi um body piercer, considerado um dos pioneiros no Brasil. Também é conhecido por seu trabalho como Dj, empresário e professor de Yoga. Possui significativa vivência nas áreas de Artes Corporais, jóias e adornos para o corpo, desde 1992.

História Edit

André Meyer, nascido em maio de 1969, desde a adolescência se interessou pela arte corporal. Aos 15 anos teve sua orelha esquerda perfurada. Aos 16 se tatuou com agulha e nanquim criando a própria logomarca demonstrando sua individualidade. Seu interesse aumentava de acordo em que viajava com a família.

Quando esteve na Amazônia, em 1982, percebeu a naturalidade com que os Índos se adornavam. Em 1985 procurou em São Paulo o estúdio TattoTime, comandado pelo falecido Sérgio, onde obteve sua primeira tatuagem feita com máquina, e desde então buscou profissionais que pudessem demonstrar a arte através das agulhas.

Descobriu o Piercing através de publicação especializadas em adornos corporais, e com parte do corpo desenhado, e ainda não satisfeito, procurou então alguém que pudesse colocar uma jóia no mamilo (piercing).

Teve atuação direta nas áreas que envolvem adornos corporais, criação e desenvolvimento de produtos, divulgação, comercialização e pesquisas. Faz também consultoria e workshop relacionados à joalherias e body art.

Fundou em 1996 a Body Piercing Clinic na Galeria Ouro Fino.

Aprendendo a técnica do Body Piercing Edit

Inconformado com a inexistência de nenhum profissional habilitado para o adorno, resolveu então se especializar na arte que ainda não havia se fundido no Brasil. Viajou para a Europa em busca da aventura em descobrir e aprender o Body Piercing. Foi na Tattoo Expo 92 em Dunstable, Inglaterra, que percebeu a popularidade em adornar o corpo com joias.

Seu interesse pelos exóticos e eróticos adornos aumentou quando participou das festas fetichistas promovidas po Allan, do Torture Garden, onde conheceu Andi Bone, tatuador é sócio do body piercer Grant Damsey, com quem morou em Londres. Foi com Grant (Cold Steel) que perfurou o mamilo, nariz e língua, conhecendo então a técnica do body piercing.

Em nove meses aprendeu a técnica utilizada por Grant, vivendo intensamente todo o movimento que estourava no mundo. Entusiasmado com a técnica de body piercing aprendida em Londres, resolveu voltar ao Brasil em 93 para ser o pioneiro na arte corporal mais popular na década de 90. E assim o fez.

Em maio 2001, André e a equipe BPC, viajou para Las Vegas pasa outro encontro da APP.

Introduzindo o body piercing no Brasil Edit

Com pouco material e muita vontade, André Meyer começou a perfurar amigos e divulgar o que aprendera em sua viagem, apesar de alguns amigos e familiares duvidarem da possibilidade de se tornar um profissional na técnica de espetar agulhas na pele para a introdução de joias com fins estéticos, religiosos, eróticos e outros... Sentiu a necessidade de se profissionalizar, de trabalhar diretamente com o público. No mesmo ano trabalhou na Tattoo You (Marco Leoni, Led's) em São Paulo. Em 1994 viajou à Itália para trabalhar comno body piercer no stand da Body Markings, no segundo Tattoo Expo de Bologna.

Branding Edit

Em viagem à Nova York em fevereiro de 1997, aprendeu a técnica do Branding (queimaduras na pele com metal quente) com Keith Alexander da América Modern Art. Também de cultura milenar o branding começa a se popularizar nesta década, e a Body Piercing Clinic sempre se atualizando, foi buscar a técnica adequada para desenhar o corpo com ferro quente.

Suspensão Corporal Edit

Dezembro de 1998: Viagem para Ocklahoma para participar da performance artítica de suspensão promovida pelo Traumatic Stress Discipline (Cycles of Life) aonde tornou conhecimento a fundo das suspensões em forma de espetáculo. Logo após passou alguns dias em Dallas no Texas (Obscuríties Piercing) para fazer sua primeira suspensão.

Principais realizações Edit

Introduziu jóias corporais (Body Piercing) na cultura vanguardista brasileira. Sendo assim trouxe tecnologia, design e materias antialérgicos (aço cirurgico, titânio, nióbio). Inovou costumes e formas diferentes de usar jóias no corpo.

Exportou suas criações para outros continentes usando materiais brasileiros alternativos e clássicos como: Bio Jóias com materiais nobres, ouro e suas variações (negro, amarelo, branco) gema , vidro, sementes e madeiras.

Adornou formadores de opinião e personalidades da Mídia nacionall e internacional.

Divulgou outras matérias primas e desenvolveu design anatômico, seguro para joalheria contemporânea.

Produziu imagens e documentários de body art comportamento tribal.

Teve destaque no concurso de jóias do Brasil em 2006.

Colabora para a inovação e divulgação de mercado joalheiro brasileiro no exterior.

Participou e venceu[1] o reality show Solitários do SBT em 2011.

Lançou sua autobiografia que recebeu o nome de Lindo de Doer[2].


Ligações Externas Edit

ReferênciasEdit

  1. Andre Meyer vence reality show do SBT. Disponível em <http://www.frrrkguys.com.br/andre-meyer-vence-reality-show-do-sbt/>. Último acesso: 16 Setembro de 2014.
  2. Lançamento do livro “Lindo de Doer”. Disponível em: <http://www.frrrkguys.com.br/lancamento-do-livro-lindo-de-doer/>. Último acesso em: 16 Setembro de 2014.

Ad blocker interference detected!


Wikia is a free-to-use site that makes money from advertising. We have a modified experience for viewers using ad blockers

Wikia is not accessible if you’ve made further modifications. Remove the custom ad blocker rule(s) and the page will load as expected.